Notícia diz que o BC anunciou reajuste na energia e na gasolina. O órgão desmente

O órgão lançou nota dizendo que não fez qualquer anúncio sobre reajuste de combustível ou de luz 

Uma mensagem que está circulando em vários grupos no WhatsApp diz que o Banco Central acabou de anunciar que a conta de energia elétrica terá mais um reajuste, desta vez de 37%, e a gasolina, de 14%. A notícia transmitida na mensagem é falsa.

Esta mensagem começou a circular desde setembro do ano passado, porém após alguns meses esquecida, agora começa a circular novamente.

Mensagem sobre reajuste de energia
Mensagem diz que o Banco Central anunciou reajuste na conta de energia e gasolina

Ainda em 2017, o órgão lançou nota dizendo que não fez qualquer anúncio sobre reajuste de combustível ou de luz e que esses assuntos não são atribuição do Banco Central. Nos relatórios de inflação, o BC costuma fazer previsões sobre os preços da gasolina e da energia. Mas são apenas estimativas.

A ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), responsável pela definição das tarifas de energia elétrica, diz que não houve reajuste de 37% e que o Banco Central não tem ingerência sobre esses preços.

De acordo com a Aneel, os processos de reajuste tarifário são anuais e todas as concessionárias e permissionárias de distribuição de energia elétrica passam por ele.

A Petrobras, que define os preços dos combustíveis nas refinarias, também diz que a notícia divulgada nas redes sociais não tem fundamento e que o Banco Central não tem ingerência nessa política. A definição de preços pela estatal às refinarias é diária, mas cabe a cada posto de combustível definir se repassa ou não eventuais aumentos ou reduções de custos para o consumidor. O site da empresa mostra os ajustes de preço.

VEJA TAMBÉM:

Pedestres também serão multados a partir de abril

Calendário de feriados 2018: apenas dois caíram no sábado ou domingo

Vereador é morto a facadas por negar R$ 2 a um homem

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: